Terceira Porta à Direita: Proud Blonde ...

sexta-feira, agosto 18, 2006

Proud Blonde ...

Sou loira!

Estou me matando de estudar para resolver um antigo problema da humanidade: porque que toda vez que eu abro o guarda-roupa, por mais que eu tenha colocado toneladas de roupas lá, nunca tem nada pra usar?

Tem outras coisas no universo que me incomodam...Tipo: como algumas mulheres se arrumam e se perfumam de manhã, e numa reunião às 5 da tarde ainda estão impecáveis? Tenho a teoria de que elas não existem. São hologramas. Ou eu sou um esculacho. Provavelmente a segunda opção. Eu nunca consegui estar penteada, por exemplo...Mas isso não me incomoda. Me incomoda o fato de não saber se “esculacho” é com x ou ch. Mas quem espera que uma loira saiba escrever?

Me incomodam mesmo as coisas mais sérias...tipo:

. Porque, nas novelas, os atores sempre pensam com locução em off? Porque meus pensamentos não saem em voz alta mesmo que eu levante uma sobrancelha só?
. Quando foi a última vez que você comprou uma lingerie que não fosse preta, branca, ou bege? (hm...essa veio do blog da Max...mas é uma pergunta instigante.)
Ou ainda...Porque algumas coisas no mundo não seguem as leis da gravidade, such as: o peito da Angelina Jolie, a bunda da Jennifer Lopes, a barriga da Brook Burke, a comprimento da saia da Paris Hilton?

Sim...São coisas que perturbam no andamento do universo.
Fora isso, tem as perguntas existenciais que perturbam o meu sono imensamente.
.Qual exatamente é a diferença entre cáqui, cru, bege, cor-da-pele e gelo?
. Em que momento o marido da moça do pet shop diz que ela está cheirosa?
. Quem realmente acha que nada se compara ao sabor do creme de papaia com cassis?
. Porque o Caetano Veloso treme a boca quando canta?
. Quem disse para o José Mayer que ele é bonito?

É...Viver não é fácil...São muitas perguntas rondando um só cérebro, que por sua vez fica dentro de um crânio cercado de cabelos loiros por todos os lados.Céus, como eu gostaria! Como eu adoraria que a cor dos meus cabelos realmente regesse as minhas dúvidas.
Mas eu confesso...É confortável! É maravilhoso ser loira. Pense comigo:Eu tenho sempre uma boa desculpa para ser barbeira. Nem mesmo o caixa do banco espera qualquer atitude inteligente vinda de mim. Ninguém me faz perguntas complicadas. Sempre esperam que eu diga alguma coisa extremamente estúpida. Ninguém duvida que eu não saiba alguma coisa. Se meu carro quebra, é só deixar o vento bater no meu cabelo, que algum mané aparece pra ajudar. E finalmente...Qualquer pensamento que saia da minha cabeça é uma adorável surpresa! Não é ótimo?

I wish!

Um comentário:

Marília disse...

Isso aqui tá bom demais!!!hahahahaha
Beijooo